mar/17

Ficcionando Entrevista #012

Oi, galera que acompanha o Ficcionando!!

Hoje entrevistamos a Babi S., autora que foi Destaque em FEVEREIRO. Nós adoramos conversar com ela! A entrevista ficou incrível, confiram:

  


  
⦁ Ficcionando Pergunta: Como e ​​quando começou a escrever?

Babi S.: Desde criança eu gosto de inventar histórias na minha cabeça e até colocava uma coisinha ou outra no papel para os trabalhinhos da escola, mas foi em 2005, quando descobri as fanfics no finado Orkut (que descanse em paz), que comecei a realmente me aventurar a escrever. Mas nunca ia pra frente porque eu não sabia muito bem o que fazer, então acabei me conformando em ser apenas leitora. Só que as ideias continuaram vindo, então, em 2013, finalmente consegui escrever uma short e, em 2014, escrevi outra. Foram essas duas histórias que me deram coragem pra, em 2015, me desafiar a escrever e postar uma longfic em parceria com a Lari e também uma longfic só minha. A parceria, na verdade, foi o que mais me motivou a cair de cabeça nisso, tanto que surgiram mais outras histórias e, agora, já nem consigo me ver mais apenas como leitora.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Na hora de escrever, o que você considera mais difícil? O início, o desenrolar da história, ou o final?

Babi S.: Na maioria das vezes, é o final que me dá mais dor de cabeça, sempre fico com medo de que o fechamento não fique bom e os leitores acabem perdendo o encanto pela história. Mas, às vezes, eu já penso no final logo que a ideia surge, então chegar nele que acaba sendo complicado.

 

 
⦁ Ficcionando Pergunta: Algumas escritoras dizem que seus personagens têm vida própria, dão pitacos em suas próprias histórias, e acabam por alterar o destino da fic. Como acontece nas suas fics?

Babi S.: Pra falar a verdade, isso acontece mais do que eu gostaria! hahaha. Eu tento planejar ao máximo o que vou escrever antes de sentar pra escrever, só que muitas vezes acontece de o resultado ser um pouco ou até mesmo bem diferente do que eu tinha pensado, justamente porque os personagens acabam se manifestando de um jeito que não era o esperado, mas que eu acabo gostando. O caso mais gritante foi com Back For Good. Não era pra ter essa história toda de TeamPP1 e TeamPP2, o PP1 era o único PP no início… Mas o PP2 falou “nada disso, queridinha, eu vou brilhar também” e não teve jeito.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Você escreve várias shortfics, como se mantém inspirada?

Babi S.: Acho que não faço nada muito diferente das dicas que quem gosta de escrever costuma dar: ouvir música, ler etc… Eu acabo tendo ideias com tudo, até mesmo coisas que vejo no dia a dia, e as ideias me atormentam tanto que o jeito é transformar elas numa história. Fazer o quê? hahaha

  
⦁ Ficcionando Pergunta: De todas as suas histórias, qual sua cena preferida? Por quê?

Babi S.: Essa pergunta é muito cruel! Eu tenho muitas cenas preferidas em todas as fics, mas, tendo que escolher apenas uma, acho que eu ficaria com a cena de quando o PP de Bola de Ouro presenteia a PP com um colar de ouro com pingente de bola de futebol no capítulo 6. Além de ter uma brincadeira com o nome da fic, esse presentinho ainda simboliza o momento que eles começaram a se aproximar.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Você é apaixonada por futebol há bastante tempo, acha que escrever fics com jogadores aumentou essa paixão? Acha que essas fics influenciaram algumas leitoras a se apaixonarem por futebol também?

Babi S.: Acho que escrever sobre futebol não aumentou minha paixão por futebol, porque foi justamente o que me motivou a querer escrever histórias que envolvessem os jogadores e os times dos quais sou fã, mas me fez descobrir que é sobre isso que eu mais gosto de escrever. Na verdade, era um desejo bem antigo escrever algo como Bola de Ouro, por exemplo, mas eu não me sentia segura o bastante pra contar uma história que envolvesse esse tema, tinha medo de escrever besteira. Mesmo com tudo o que fui aprendendo sobre futebol ao longo dos anos, eu tive que pesquisar bastante até finalmente colocar em prática. E acho que essas fics influenciaram um pouco algumas leitoras a se interessarem mais por futebol sim, especialmente Bola de Ouro, que tem o Real Madrid como foco. Tenho visto muitas leitoras começando a simpatizar e até torcer pelo Real Madrid e acho isso maravilhoso.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Já mudou algo em suas histórias por causa de algum comentário de suas leitoras?

Babi S.: Nunca fiz nenhuma mudança drástica, que mudasse o rumo da história, mas já acrescentei coisas que me pediram. Não vejo problema nisso, acho que uma das possibilidades mais legais de se escrever na internet é tornar a escrita “colaborativa”. Se a história ainda está em processo de construção e a gente tem como ouvir os leitores, por que não dar ouvidos a eles, né?

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Ok, então preciso fazer essa pergunta: você é TeamPP1 ou TeamPP2?

Babi S.: Pessoal do Ficcionando, vocês estão querendo me comprometer? hahahaha. Ok, eu tenho fases. Tem dias que tenho certeza de que sou TeamPP1, em outros não consigo me ver sendo outra coisa além de TeamPP2… Acho que depende do momento da história, mas eu tento não deixar isso influenciar muito. Nem que eu quisesse, na verdade, porque a PP também tem vida própria e ela que vai decidir o rumo da vida amorosa dela no final. Amém.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: I Don’t Wanna Be In Love é escrita em parceria com a Lari, como é escrever em dupla? Cada uma escreve uma parte, capítulo, personagem? Como decidiram dividir a escrita?

Babi S.: É muito divertido! Sério, fazer uma parceria assim com alguém é algo que recomendaria pra todo mundo. Claro que todas as partes envolvidas precisam estar dispostas a fazer um trabalho em conjunto, senão vai é acabar num arranca-rabo, mas é muito legal ter alguém com quem conversar sobre a história e ver ela nascer aos poucos. E, como IDWBIL é uma história bem leve, a gente sempre acaba dando muitas risadas com as ideias que vão surgindo. A gente costuma debater sobre todos os acontecimentos e decidimos tudo juntas, mas cada uma escreve um capítulo (são intercalados) no POV da sua PP. A gente decidiu escrever juntas porque na época estávamos passando por situações bem parecidas e nada melhor do que transformar os dramas da vida em história, né? A Lari que deu a ideia e eu adorei!

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Algum personagem é inspirado em alguém que você conhece, ou escreveu alguma cena baseada em alguma situação que viveu?

Babi S.: Todas as minhas PPs acabam tendo algo meu, gostos ou mesmo algum aspecto da personalidade… Mas I Don’t Wanna Be In Love foi uma história que nasceu de uma situação que vivi, então é a que eu mais consigo pensar pra citar nessa resposta.

  
⦁ Ficcionando Pergunta: Para finalizar, deixe um recadinho para suas leitoras e um convite para a galera que ainda não conhece as suas fics.

Babi S.: Leitoras queridas, obrigada por terem dado um voto de confiança pras minhas histórias! Ter uma ideia, se apaixonar por essa ideia e ver ela virar uma história é maravilhoso, mas ver outras pessoas também se apaixonando pela história é ainda mais maravilhoso. Sinto como se minhas histórias já nem fossem apenas minhas, mas de todas nós. Então sou realmente muito grata a todas e espero que vocês continuem acompanhando e gostando das minhas fics. ❤️
Pra quem ainda não conhece as fics que escrevo, elas são: Back For Good, que envolve boybands, um triângulo amoroso, dois “Teams” que vivem se bicando e muita reviravolta; Bola de Ouro é sobre uma assistente técnica que é contratada pelo Real Madrid, acaba se envolvendo com um dos jogadores e precisa aprender a lidar com todas as problemáticas desse relacionamento; e I Don’t Wanna Be In Love conta a história de duas amigas que acabaram de passar por desilusões amorosas e como elas deixaram a sofrência de lado com a ajuda de dois carinhas que conhecem de uma maneira inusitada pra, finalmente, quererem se apaixonar novamente. Também tenho algumas shorts que vocês podem encontrar pelo site. Sintam-se à vontade pra dar uma chance pra qualquer uma dessas histórias. Serão muito bem-vindos! 😁

  


  

   Babi S. é autora de I Don’t Wanna Be In Love, fic de 2017 no Ficcionando, Back For Good, Bola de Ouro, confira essas e outras fics dela aqui; a Babi é a Autora Destaque de Fevereiro de 2017 no Ficcionando.

  

Postado por Ficcionando em 17,março,2017---Sem Coment|Categoria: Entrevista


0 Coment.

Comente aqui!


FICCIONANDO |TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | 2015